NTM - Núcleo de Tecnologia de São José- SC - BRASIL

O Núcleo de tecnologia disponibiliza aos educadores e demais integrantes da Web este blog com objetivo de divulgar tecnologias que podem auxiliar na educação dos alunos. Postamos também projetos e notícias relativas a rede municipal de ensino de São José, SC. Existem dezenas de postagens e soluções para contribuir no seu dia a dia, vale apena conferir. Você pode traduzir as postagens em vários idiomas!


quarta-feira, 20 de setembro de 2017

A smog vacuum cleaner and other magical city designs | Daan Roosegaarde - TED - Legendado




Daan Roosegaarde uses technology and creative thinking to produce imaginative, earth-friendly designs. He presents his latest projects -- from the sidewalks of Amsterdam, where he reinterpreted "The Starry Night" to get people thinking about green energy, to Beijing, where he developed a smog vacuum cleaner to purify the air in local parks, to a dance floor that generates electricity to power a DJ booth. Check out Roosegaarde's vision for a future where creativity is our true capital. Check out more TED Talks: http://www.ted.com


Fonte: https://www.youtube.com/watch?v=eVFYhbHpfqU 

https://www.ted.com/talks/daan_roosegaarde_a_smog_vacuum_cleaner_and_other_magical_city_designs 

terça-feira, 19 de setembro de 2017

Concentração de plásticos nos oceanos é alarmante, dizem especialistas - ONU Brasil


A ONU realizou a Conferência sobre os Oceanos. Coincidindo com o Dia Mundial do Meio Ambiente (5) e o Dia Mundial dos Oceanos (8), o evento promoveu parcerias e ações para apoiar a implementação do Objetivo de Desenvolvimento Sustentável (ODS) 14, que trata da conservação e uso sustentável dos oceanos, dos mares e dos recursos marinhos.

O Centro de Informação das Nações Unidas para o Brasil (UNIC Rio) ouviu especialistas e ativistas, que alertaram para problemas como a alta concentração de plásticos e a acidificação dos oceanos. Confira nesse vídeo especial e saiba mais em http://bit.ly/2sahQ9z


sexta-feira, 15 de setembro de 2017

Elon Musk’s A.I. Destroys Champion Gamer!





Subscribe here: https://goo.gl/9FS8uF Check out the previous episode: https://www.youtube.com/watch?v=VadUK... 
 Hi, welcome to ColdFusion (formerly known as ColdfusTion). Experience the cutting edge of the world around us in a fun relaxed atmosphere.
 Sources: Dota 2 Championship: https://www.youtube.com/watch?v=92tn6... Demis Hassabis Talk: https://www.youtube.com/watch?v=Ia3Py... https://blog.openai.com/robots-that-l... http://www.dailystar.co.uk/tech/gamin... www.theverge.com/platform/amp/2017/8/11/16137388/dota-2-dendi-open-ai-elon-musk https://www.theverge.com/2017/5/16/15... //Soundtrack// 1:00 Sinoptik 
Music - Don't Leave Me (Original Mix) 3:19 
 Uppermost - Machine Code 4:20 
Grifta – Dawn 7:10 Valotihkuu - First Light 9:07 
Scullious - Meant To Be »
 » Collection of music used in videos: https://www.youtube.com/watch?v=YOrJJ... 
Producer: Dagogo Altraide » Twitter | @ColdFusion_TV 

How many ways are there to prove the Pythagorean theorem? - Betty Fei - Legendado





Check out our Patreon page: https://www.patreon.com/teded View full lesson: https://ed.ted.com/lessons/how-many-w... 
What do Euclid, 12-year-old Einstein, and American President James Garfield have in common? They all came up with elegant proofs for the famous Pythagorean theorem, one of the most fundamental rules of geometry and the basis for practical applications like constructing stable buildings and triangulating GPS coordinates. Betty Fei details these three famous proofs. Lesson by Betty Fei, animation by Nick Hilditch.
 Thank you so much to our patrons for your support! Without you this video would not be possible. Steph, Jack Ta, Jose Fernandez-Calvo, PnDAA , Marcel Trompeter-Petrovic, Radoslava Vasileva, Sandra Tersluisen, Fabian Amels, Sammie Goh, Mattia Veltri, Quentin Le Menez, Sarabeth Knobel, Yuh Saito, Joris Debonnet, Martin Lõhmus, Patrick leaming, Heather Slater, Muhamad Saiful Hakimi bin Daud, Dr Luca Carpinelli, Janie Jackson, Jeff Hanevich, Christophe Dessalles, Arturo De Leon, Delene McCoy, Eduardo Briceño, Bill Feaver, Ricardo Paredes, Joshua Downing, Jonathan Reshef, David Douglass, Grant Albert, Paul Coupe. 

Fonte: https://www.youtube.com/watch?v=YompsDlEdtc

Plantas eléctricas cerca de casa: así es el futuro de la energía - Legendado




Publicado em 14 de set de 2017
Entra en http://one.elpais.com Suscríbete a nuestro canal de youtube: http://bit.ly/1JHCOQ1 Síguenos en Facebook: https://www.facebook.com/elfuturoesone Síguenos en Twitter: http://www.twitter.com/elfuturoesone

En el futuro, al menos en el cercano, será la electricidad. Y sobre todo será el sol. Por costes medioambientales y también, aunque en menor medida, económicos. Mientras esperamos la llegada de una tecnología disruptiva en unas próximas décadas -como la fusión nuclear- que cambie por completo la forma en que hemos creado energía hasta ahora, las posibilidades de la generación fotovoltáica se presentan como la alternativa más viable para limitar al mínimo las emisiones de gases de efecto invernadero producidas por los combustibles fósiles. Porque, y en eso parece coincidir todo el mundo (excepto, tal vez, los propietarios de los pozos), el planeta no puede soportar que sigamos quemando petróleo y gas al ritmo enloquecido que lo hacemos en la actualidad. 

“Tenemos preferencias por la comida, tenemos preferencias por restaurantes. No compramos lo más barato sino lo que más nos gusta porque podemos elegir. Pues ahora los consumidores eléctricos pueden generar su propia energía o parte de ella”. La comparación gastronómica es una reflexión de Ignacio Pérez Arriaga, uno de los mayores expertos mundiales en la regulación de sistemas eléctricos. Arriaga, miembro de la Real Academia de Ingeniería, y profesor en la universidad Pontificia de Comillas (donde dirige la cátedra BP de Desarrollo Sostenible) y el Instituto Tecnológico de Massachussets, ha asesorado a gobiernos, empresas, instituciones y ONG en más de 30 países. 

La posibilidad de elegir las fuentes energéticas que consumimos se encuadra dentro de lo que se denomina generación distributiva, una expresión que hace referencia a la posibilidad de producir electricidad en los lugares más cercanos posibles a donde se vaya a utilizar. Esta tendencia, que a veces choca con los intereses de grandes corporaciones y los afanes recaudatorios de algunos gobiernos, se presenta, sin embargo, como la posibilidad más inteligente, según Arriaga, para ir eliminando a medio plazo la actual dependencia de los combustibles fósiles. La electricidad fotovoltáica y, en menor medida, la eólica son dentro de generación distributiva las fuentes más posibilitarias. Este modelo, que ya está comenzando a implantarse en algunos lugares del mundo, cuenta con ventajas como evitar los enormes costes generados por la producción de la energía en grandes centrales, reducir las pérdidas energéticas en los sistemas de distribución y, sobre todo, reduce al mínimo la contaminación medioambiental. La llegada del Internet de las cosas, en el que todos nuestros aparatos y servicios estarán conectados, supone el impulso definitivo para que el usuario pueda controlar su propia producción energética como si fuera una central eléctrica, ajustándola a sus necesidades. 

Desde este lado del mundo, en el que estamos acostumbrados a encender la luz apretando un interruptor, se reflexiona poco acerca del privilegio que supone contar con energía a demanda. Pero esta opción de la generación distributiva es también una oportunidad extraordinaria para los más de 1.200 millones de personas en el mundo que todavía viven sin tener acceso a un simple enchufe. De ahí que Arriaga siga investigando y apostando por nuevas medidas energéticas que vayan en la dirección de ese doble objetivo que es superar la brecha energética al tiempo que tratamos de curar las heridas que le hemos infligido al planeta. 

 Entrevista y edición: JC Rodríguez Mata, Azahara Mígel, Georghe Karja Texto: José L. Álvarez Cedena 

Fonte: https://www.youtube.com/watch?v=NQZRHeQLp6k

quinta-feira, 14 de setembro de 2017

Joe Parrish: "To Mars and Back - Technologies for a Potential Mars [...]" | Talks at Google - Legendado


Talks at Google

After decades of (mostly) successful one-way missions from Earth to Mars, NASA is now considering the possibility of returning scientifically-selected samples of Mars rock, soil, and atmosphere to Earth for detailed analysis in our most capable laboratories. The Mars Sample Return mission is a fascinating systems engineering challenge. It involves all of the usual operations of a Mars rover mission, but adds new functions to package and launch the samples into Mars orbit, capture them, and return them safely to Earth. Because the Mars samples may contain biologically active materials, prudence dictates that we treat the samples as potentially hazardous unless contained or sterilized. 
A number of new technologies are needed to enable this mission: (1) a Mars Ascent Vehicle (MAV) to bring the samples from Mars surface to Mars orbit, (2) a method of rendezvousing with and capturing the samples once in Mars orbit, and (3) a method for breaking the chain of contact with Mars surface material and ensuring that the Mars samples remain contained throughout all remaining mission phases including a hard landing on the ground at Earth. This talk will highlight some of the most critical technologies being developed for the Mars Sample Return mission. Joe Parrish is currently the Deputy Manager of the Mars Program Formulation Office at the NASA Jet Propulsion Laboratory (JPL) in Pasadena, CA. He also manages Mars Technology Development at JPL, specifically targeting the enabling technologies for Mars Sample Return. 
Joe previously served as Robotic Systems Architect for the International Space Station Program, Program Executive in the Office of Space Science at NASA Headquarters, president of a small aerospace firm in Cambridge, MA, and as NASA's Deputy Chief Technologist. Joe holds Bachelor’s and Master’s degrees in Aeronautics and Astronautics from MIT. 

Fonte: https://www.youtube.com/watch?v=Cc0J8KozcuQ

Commander Jeff Williams: "Outer Space Experience" | Talks at Google - Legendado


Commander Jeff Williams is sharing some of this outer space stories with Talks at Google. He has spent 534 days on board the ISS and executed 5 spacewalks, making him one of the most experienced NASA astronauts. Jeff highlights some of the important research being conducted on board the international space station (ISS).

 As the commercial space industry (“NewSpace”) works hand-in-hand with national programmes to offer increased access to space for all citizens of Planet Earth, we need to understand how biological and physical systems respond in an environment that is well beyond the tug of Earth’s gravity. More about Jeff at https://www.nasa.gov/astronauts/biogr...

Event moderated by Dr. Bidushi Bhattacharya, an ex-NASA rocket scientist and entrepreneur. She is co-Founder of Astropreneurs HUB, Southeast Asia's first space technology incubator, and Founder & CEO of Bhattacharya Space Enterprises, a space-tech training and education company.

Fonte: https://www.youtube.com/watch?v=6syDSTt5MVw

segunda-feira, 11 de setembro de 2017

Privacidade na Internet | Nerdologia Tech 07 - Subtitles






Acesse: https://www.alura.com.br/supertech
No Nerdologia Tech de hoje vamos ver quais são os riscos da nossa vida digital. Apresentação: Átila Iamarino - http://www.twitter.com/oatila Roteiro: Átila Iamarino - http://www.twitter.com/oatila Paulo Silveira: https://twitter.com/paulo_caelum Edição e Arte: Estúdio 42 - http://www.estudio42.com.br Apoio: Paloma Mieko - http://instagram.com/atilaepaloma CARREIRAS ALURA https://www.alura.com.br/supertech ASSISTA TAMBÉM Nedologia Tech 04 - Botnets: um exército zumbi pronto para atacar: https://goo.gl/Lhx7P1 Nerdologia Tech 02 - Deep Web e Dark Web: https://goo.gl/39iXDX Nerdtech 11 - Privacidade Online Não Existe: https://goo.gl/Fy1rVp Playlist Nerdologia Tech: https://goo.gl/0e6aUe FONTES Kosinski, Michal, David Stillwell, and Thore Graepel. "Private traits and attributes are predictable from digital records of human behavior." Proceedings of the National Academy of Sciences 110, no. 15 (2013): 5802-5805. https://goo.gl/DzXlDX Youyou, Wu, Michal Kosinski, and David Stillwell. "Computer-based personality judgments are more accurate than those made by humans." Proceedings of the National Academy of Sciences 112, no. 4 (2015): 1036-1040. https://goo.gl/wnyz3y SAIBA MAIS Como ouvir audiolivros: https://goo.gl/gVfxLZ Impérios Da Comunicação, por Tim Wu: http://amzn.to/2nY16k6 Data and Goliath: The Hidden Battles to Collect Your Data and Control Your World, por Bruce Schneider: http://amzn.to/2nqyZZL Inimigo do Estado foi visto como um problema pela NSA na época: https://goo.gl/7L8CZy Descubra o que está registrado no Google Maps Timeline: https://www.google.com/maps/timeline?pb Se você as extensões Disconnect: https://disconnect.me/disconnect E Do not Track: https://goo.gl/cgRoOL MATERIAL USADO thumbnail: https://goo.gl/RxeZVy jurassic park tela - https://youtu.be/K3PrSj9XEu4 mark zuckberg insta: https://goo.gl/U8oTzE black mirror smile: https://goo.gl/hYbU5D black mirror troll: https://goo.gl/PaAQSF spy: https://goo.gl/lSxqYg batman vs superman: https://goo.gl/bFpzeY inimigo do estado: - https://youtu.be/s3poKUuvtyM - https://youtu.be/SHxthgLh1eU espiao ilustracao: https://goo.gl/bw8PtP weeping angels: https://goo.gl/r2A75b boring face: https://goo.gl/nufTS9 bob esponja: https://goo.gl/jwTeQv martin freeman: https://goo.gl/xoxwZx fechadura sketch: https://goo.gl/Mxi1cH SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS: Facebook http://www.fb.com/CanalNerdologia G+: http://bit.ly/1hNOvpD Twitter: http://twitter.com/CanalNerdologia Instagram: http://instagram.com/nerdologia

Fonte: https://www.youtube.com/watch?v=wZvDZfO13mA

quarta-feira, 6 de setembro de 2017

ONU: o plástico está cobrindo e destruindo nosso planeta - Legendado - UN: Plastic is covering and destroying our planet


 

ONU Brasil



Plástico é uma invenção maravilhosa porque dura bastante – e uma invenção terrível pelo mesmo motivo. Mais de 300 milhões de toneladas serão produzidas este ano. A maioria nunca é reciclada e permanece em nossa terra e nos nossos mares para sempre. Os detalhes nesse documentário. No início de junho de 2017, a ONU realizou a Conferência sobre os Oceanos com o objetivo de apoiar a implementação do Objetivo de Desenvolvimento Sustentável 14: conservar e utilizar de forma sustentável os oceanos, os mares e os recursos marinhos para o desenvolvimento sustentável; saiba como foi e acompanhe o tema em http://nacoesunidas.org/tema/ods14 #SaveOurOcean #MaresLimpos

Fonte: https://www.youtube.com/watch?v=3dmZrzeg2e0 

7 principles for building better cities | Peter Calthorpe - Legendado - TED




TED

More than half of the world's population already lives in cities, and another 2.5 billion people are projected to move to urban areas by 2050. The way we build new cities will be at the heart of so much that matters, from climate change to economic vitality to our very well-being and sense of connectedness. Peter Calthorpe is already at work planning the cities of the future and advocating for community design that's focused on human interaction. He shares seven universal principles for solving sprawl and building smarter, more sustainable cities. Check out more TED Talks: http://www.ted.com


Bitcoins | Nerdologia Tech 12 - Subtitles




ESTE NERDOLOGIA É UM OFERECIMENTO DA ALURA

 - Conheça a promoção da Alura com o Nerdologia Tech: https://www.alura.com.br/promocao/sup...

  - E veja a extensa lista de cursos de programação que eles tem: https://www.alura.com.br/cursos-onlin... 

 No Nerdologia Tech de hoje vamos entender o que é a Bitcoin. 

Apresentação: Átila Iamarino - http://www.twitter.com/oatila 

Roteiro: Átila Iamarino - http://www.twitter.com/oatila 

Paulo Silveira: https://twitter.com/paulo_caelum 

 Edição e Arte: Estúdio 42 - http://www.estudio42.com.br 

Apoio: Paloma Mieko - http://instagram.com/atilaepaloma 

CARREIRAS ALURA https://www.alura.com.br/supertech 

SAIBA MAIS Podcast Hipsters Ponto Tech sobre Bitcoins: http://bit.ly/2gpAgPp 

Como ouvir audiolivros: http://bit.ly/2ejtJEm 

Bibliografia do Nerdologia: http://bit.ly/1SUWXRP 

O White Paper de Satoshi Nakamoto: https://bitcoin.org/bitcoin.pdf 

Digital Gold: Bitcoin and the Inside Story of the Misfits and Millionaires Trying to Reinvent Money, por Nathaniel Popper: http://amzn.to/2wJjSQt 

 ASSISTA TAMBÉM Nerdologia 161 - Dinheiro: http://bit.ly/2goNbBm 

Nerdologia Tech 02 - Deep Web e Dark Web: http://bit.ly/2wicN8y 

MATERIAL USADO bitcoin: - http://bit.ly/2iFrBt3 - http://bit.ly/2wPAlTI - http://bit.ly/2wPjxMq - http://bit.ly/2xJJ3iq 
 background: https://youtu.be/7JW6MMa8B00  
nixon: http://bit.ly/2wFUv1R 
collor: http://bit.ly/2vGeMA1  
lamborghini: http://bit.ly/2vnZc0w
satoshi nakamoto: http://bit.ly/2rAmZV0 
tio patinhas: http://bit.ly/2wG9oRY
tio patinhas contando dinheiro: http://bit.ly/2vAGBdO
chapeu de cowboy: http://bit.ly/2voxDUS VIDEO assalto ao trem: https://youtu.be/uk4WqPH5y64
tio patinhas: http://bit.ly/2wlrNRv 


SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS: Facebook http://www.fb.com/CanalNerdologia
G+: http://bit.ly/1hNOvpD
Twitter: http://twitter.com/CanalNerdologia
Instagram: http://instagram.com/nerdologia


Fonte: https://www.youtube.com/watch?v=h87O2xfUSv8&list=PLyRcl7Q37-DU9HA99_Ob9Vh7M0nQw8pNV&index=12

CERT.br: Você tem backup? Nic.br - Mais atual do que nunca!!! Subtitles




 
Transmitido ao vivo em 15 de ago de 2017

 Cartilha de Segurança para a Internet: https://cartilha.cert.br/ 
 Fascículo Ransomware: https://cartilha.cert.br/ransomware/

terça-feira, 5 de setembro de 2017

Deep Web e Dark Web | Nerdologia Tech 02 - Subtitles


Nerdologia

ESTE NERDOLOGIA É UM OFERECIMENTO DA ALURA Acesse: https://www.alura.com.br/supertech
Neste Nerdologia Tech, com a participação da Alura Cursos Online de Tecnologia, vamos dar um mergulho pela Deep Web e pela Dark Web.

Apresentação: Átila Iamarino - http://www.twitter.com/oatila Roteiro: Átila Iamarino - http://www.twitter.com/oatila Paulo Silveira: https://twitter.com/paulo_caelum Edição e Arte: Estúdio 42 - http://www.estudio42.com.br SAIBA MAIS Computerphile e o que é Deep Web: https://youtu.be/joxQ_XbsPVw Um TED bem legal sobre Dark Web: https://goo.gl/DBRSyn Porque a Dark Web importa para sua privacidade: https://youtu.be/luvthTjC0OI The Dark Net, por Jamie Bartlett: https://goo.gl/r78d75 Para quem quiser saber melhor como Ross Ulbricht foi preso: https://goo.gl/EOPQMy MATERIAL USADO iceberg video: https://youtu.be/jvQfOHMb3BE hitman: https://goo.gl/0lPt2b pablo escobar: https://goo.gl/REQyP0 iceberg desenho: https://goo.gl/CGh3S4 citizenfour: https://youtu.be/XiGwAvd5mvM thor: https://goo.gl/HxsCxd roteamento onion: https://goo.gl/YojUWk autopsia alien: https://youtu.be/pukbzCC3cfQ black mirror: https://youtu.be/hkk4XUeZCqk mr robot: https://goo.gl/j2FWEo uncle ben: https://youtu.be/9cm1cEo8SKM SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS: Facebook http://www.fb.com/CanalNerdologia G+: http://bit.ly/1hNOvpD Twitter: http://twitter.com/CanalNerdologia Instagram: http://instagram.com/nerdologia

Fonte: https://www.youtube.com/watch?v=yeLjR6XekGc&index=2&list=PLyRcl7Q37-DU9HA99_Ob9Vh7M0nQw8pNV

Inteligência artificial na educação: não ignore, faça bom uso!



Como a chegada de novas ferramentas e algoritmos pode transformar a experiência mão na massa e tornar o aprendizado mais profundo e relevante

por Sébastien Turbot 
“A combinação de humanos com máquinas não é o futuro, é o presente”, disse o enxadrista russo Garry Kasparov em uma recente palestra TED.
E esse “presente” está transformando o mundo da educação em um ritmo acelerado. Com as crianças cada vez mais usando tablets e a programação sendo incluída em currículos nacionais por todo o mundo, a tecnologia está se tornando parte integrante das salas de aula, tal como o giz e o quadro negro.
Já testemunhamos o aumento e o impacto da tecnologia da educação, especialmente através de uma multiplicidade de plataformas de aprendizagem adaptativa, como Khan Academy e Coursera, que permitem aos alunos aprimorar suas habilidades e conhecimento.
E agora a realidade virtual (VR, na sigla em inglês) e a inteligência artificial (AI, também em inglês) estão ganhando força. Um recente relatório do grupo editorial britânico Pearson decifra como a inteligência artificial transformará positivamente a educação nos próximos anos. Segundo os autores do relatório, “o futuro oferece o potencial de ferramentas e apoio ainda maiores. Imagine companheiros de aprendizagem ao longo da vida alimentados por AI que possam acompanhar e apoiar estudantes individuais ao longo de seus estudos – dentro e além da escola – ou novas formas de avaliação que medem a aprendizagem enquanto ela está ocorrendo, moldando a experiência de aprendizagem em tempo real”.
Na verdade, os altos custos continuam sendo um desafio, mas o dia em que as ferramentas de inteligência artificial e realidade virtual serão tão acessíveis quanto os smartphones e os computadores de mesa não está longe.
As máquinas inteligentes estão desempenhando um papel importante na entrega de conhecimentos personalizados e relevantes aos alunos, onde e quando necessário. Por exemplo, a Content Technologies Inc., uma empresa de pesquisa e desenvolvimento de inteligência artificial baseada nos Estados Unidos, está aproveitando o aprendizado profundo para entregar livros personalizados. A empresa lançou Cram101 e JustFact101 para transformar livros de texto feitos há dezenas de anos em guias de aprendizagem inteligentes e relevantes, tornando o tempo de estudo eficiente.
Além disso, o aprendizado agora está se transformando em uma experiência verdadeiramente imersiva dentro e fora da sala de aula. Como curador de conferência, planejo vivências com atividades imersivas para oferecer aos participantes experiências memoráveis, deixando-os com um forte desejo de retornar no ano seguinte.
E como educador, acredito que a mesma estratégia tem o poder de estimular criatividade, engajamento e resultados de aprendizagem mais fortes entre os meus alunos. Mas, durante décadas, a aprendizagem experimental foi confinada a experimentos científicos no arcaico laboratório da escola ou a trabalhos de férias de verão. Mas com realidade virtual e inteligência artificial, o aprendizado experiencial ou mão na massa tem um significado totalmente novo.
Uma variedade de ferramentas de realidade artificial, incluindo o HoloLens, da Microsoft, Oculus Rift, do Facebook, ou o Google Expedition estão traduzindo aulas tradicionais em experiências de significado do mundo real.
Imagine uma sala cheia de estudantes explorando o naufrágio do Titanic, assistindo a dinossauros caminhando ao redor deles, descobrindo a Amazônia ou simplesmente aterrissando na lua como astronautas – que salto gigante na educação?!
“Estamos nos afastando simplesmente de “aprender” um assunto ou tópico para “sentir” o conteúdo. Essa não é simplesmente uma ferramenta de engajamento ou um truque, ela permite que um aluno explore, experimente ou seja envolvido em algo, como se estivesse realmente presente naquele ambiente ou lugar “, escreveu recentemente Graeme Lawrie, diretor de inovação e extensão na escola Sevenoaks, que fica no Reino Unido.
E os estudantes não são os únicos beneficiários.
Os sistemas de tutoria inteligentes, como o Carnegie Learning ou o Third Space Learning, ajudam os professores a se libertar da abordagem “tamanho único”. Essas plataformas individuais de tutoria utilizam o big data e ferramentas de análise de aprendizagem para fornecer aos tutores retornos avaliativos em tempo real sobre desempenho, pontos fortes e fracos dos alunos. O retorno avaliativo ajuda os professores a determinar as necessidades exatas de aprendizagem, as falhas em habilidades de cada aluno e fornecer orientação suplementar.
Muitas vezes ouço especialistas dizerem que “a tecnologia piorou os maus professores. Portanto, não há dúvida de que precisamos continuar investindo em formação e desenvolvimento profissional. Nenhuma máquina pode substituir professores humanos, mas pode salvá-los de desmoronar sob pressão. Lembram-se do professor da Universidade de Georgia Tech (EUA) Ashok Goel, que usava o assistente Jill Watson construído a partir de inteligência artificial? Trata-se de uma ilustração de como as máquinas inteligentes ajudarão a transição dos professores do sábio no palco para assumirem o papel de mentores e facilitadores.
Para Thomas Arnett, escritor do Instituto Clayton Christensen, “Em vez de ver o progresso tecnológico como uma ameaça, professores e líderes educacionais devem aproveitar as várias maneiras pelas quais a tecnologia pode melhorar seu trabalho”.
Arnett acredita que a automação ajudará a simplificar as tarefas básicas de ensino e ajudar os líderes escolares a lidar com os principais desafios para a instrução de qualidade – a saber, diferenças na qualidade dos professores, interesses diversos de estudantes e acúmulo de expectativas colocadas sobre os professores.
“Inovações que tornam commodity algumas habilidades dos professores também fornecem ferramentas para aumentar a eficácia de professores não-especialistas e especialistas para novos patamares e se adaptarem às novas prioridades de uma força de trabalho e sistema educacional do século 21″, escreve Arnett em seu relatório Teaching in the Machine Age (Ensino na era da máquina).
Neste relatório, Arnett também discute o potencial da inteligência artificial para reconhecer e desenvolver professores de alto potencial. “Os pesquisadores podem identificar os professores com chance de atingir alta qualidade no futuro com base nas observações, em respostas questionários preenchidos por alunos e nas notas das provas, mas são muito menos bem-sucedidos na identificação das características de professores eficientes ou na elaboração de um caminho claro para prepará-los e desenvolvê-los”.
E o mais importante, além do domínio do conteúdo, os professores serão capazes de ajudar seus alunos a desenvolver as tão necessárias habilidades não-cognitivas do século 21, como confiança e criatividade.
A imagem que eu projeto neste artigo pode parecer excessivamente otimista para muitos.
Na verdade, a inteligência artificial e a tecnologia educacional não são uma panaceia para desafios sistêmicos. A inteligência artificial pode acabar não sendo o próximo salto gigante na educação e, obviamente, trará seu próprio conjunto de problemas e desvantagens.
Mas não vamos ignorar os seus pontos fortes inatos que poderiam ajudar a resolver as flagrantes lacunas no ensino e na aprendizagem que estamos lutando para resolver há décadas.

sexta-feira, 1 de setembro de 2017

Projeto MAArE-UFSC (Monitoramento Ambiental da Reserva Biológica Marinha do Arvoredo e Entorno) - Litoral de SC - Brasil- Lança livro e portal de dados que proporcionam um mergulho no fundo do mar

Foto: Henrique Almeida/Agecom/UFSC.


De um lado, a beleza, a criatividade. De outro, o método, a produção de conhecimento. A aproximação e o diálogo entre arte e ciência — duas áreas geralmente distantes entre si — foi o caminho escolhido para a concepção do livro que o Projeto de Monitoramento Ambiental da Reserva Biológica Marinha do Arvoredo e Entorno (MAArE/UFSC) acaba de lançar. A obra, juntamente com um portal de dados, foram apresentados ao público em cerimônia realizada na quarta-feira, 23 de agosto, no Centro Integrado de Cultura (CIC) de Florianópolis. 

Na solenidade, o biólogo João Paulo Krajewski, responsável pelas fotografias que ilustram o livro, ressaltou a qualidade e o ineditismo do projeto: “Foi a primeira vez que um projeto desse tipo solicitou a participação de um artista, um fotógrafo, desde o começo. Essa foi uma diferença muito grande. A arte pode trazer informações, pode trazer as belezas do fundo do mar.” Nesse caso, como se trata de uma reserva biológica, nem mesmo a mínima e restrita parcela da população que está apta a mergulhar pode ver “o que está lá em baixo”, como afirma João. As fotografias de altíssima qualidade, portanto, proporcionam uma oportunidade única de conhecer a rica biodiversidade presente neste pequeno trecho do litoral catarinense.

Reportagem completa no site:

http://noticias.ufsc.br/2017/08/projeto-maare-lanca-livro-e-portal-de-dados-que-proporcionam-um-mergulho-no-fundo-do-mar/ 

Clique no link abaixo para entrar no site do projeto:


http://www.maare.ufsc.br/

Clique no link para download do livro:



http://www.maare.ufsc.br/wp-content/uploads/2017/08/Livro_MAArE_Oficial_crip.pdf